Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Time Enactus colhe bons resultados

Publicado: Quarta, 04 de Outubro de 2017, 17h20 | Última atualização em Quarta, 04 de Outubro de 2017, 18h15 | Acessos: 403

Alunos comandam quatro projetos de empreendedorismo social

Por Renan Monteiro e  Rosyane Rodrigues Fotos Acervo do Pesquisador

O Enactus é uma organização internacional sem fins lucrativos, com o objetivo de fazer estudantes e executivos de empresas privadas terem ações empreendedoras e criarem projetos de desenvolvimento social. Essa organização está presente em 36 países. No Brasil, são mais de 90 times cadastrados. Na Universidade Federal do Pará, o Time Enactus é formado por estudantes de diferentes áreas e um professor conselheiro.

Os Times Enactus nascem normalmente da iniciativa de alunos ou de alguma instituição. Na UFPA, houve um grupo de universitários, de vários cursos, que, em 2014, sabendo da existência da Rede Enactus no Brasil, resolveu formar um time na Instituição.

A estrutura do Time assemelha-se ao de uma organização. Há o presidente, os líderes de projetos, os diretores, os líderes de área e outras divisões estabelecidas pelos alunos. Há um manual da Rede que estabelece essa hierarquia e, anualmente, há eleição entre os membros para que os cargos sejam ocupados. Atualmente, o Time UFPA coordena quatro projetos de empreendedorismo social.

José Augusto Lacerda Fernandes é professor do Instituto de Ciências Aplicadas (ICSA) e do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA) e, há mais de um ano, ocupa o cargo de professor conselheiro do Time. “No Enactus, os alunos aprendem mais do que aprenderiam em um estágio. O Time faz o aluno correr atrás, exige capacidade de autogestão e de autonomia”, afirma o professor.

O grupo é autogerido e não é institucionalizado. A verba para o Time Enactus vem da iniciativa dos alunos, que, para custear e manter os projetos ativos, fazem rifas e bazares, procuram patrocínios de empresas e participam de simpósios, editais e do Encontro Nacional da Rede Enactus Brasil.

O Encontro Nacional reconhece os melhores projetos de empreendedorismo social desenvolvidos por universitários de todo o país. O evento possui vários níveis e categorias de competição. Há prêmios como melhor professor do ano, melhor aluno, destaque na área de responsabilidade social, time revelação, entre outras categorias. Os times apresentam seus projetos e são selecionados para a próxima fase até chegarem à fase final. O time vencedor do Encontro Nacional representa o Brasil no campeonato mundial.

Prêmio traz reconhecimento, mas não é objetivo central

Em 2017, a cidade do Rio de Janeiro recebeu a disputa entre os Times do Brasil. O time vencedor representará o Brasil em Londres, na disputa com times de outros países. O Time Enactus da UFPA ficou em terceiro lugar na classificação geral.  “Por muito pouco, nós não fomos os vencedores. Foi uma experiência fantástica e de grande reconhecimento para todos nós”, ressalta o professor Augusto.

Augusto frisa que o objetivo principal do Enactus é o empreendedorismo social, “se não conseguirmos ganhar nenhum campeonato, mas melhorarmos a vida das comunidades atendidas pelos projetos, é isso o que realmente importa”. Em anos anteriores, o Time UFPA já obteve o prêmio de responsabilidade social e o de Reconhecimento para Times Iniciantes.

Além do campeonato, a Rede Enactus lança editais específicos, em parceria com empresas. Em determinada ocasião, uma empresa procurava um destino para as embalagens de pesticidas, e a Rede Enactus Nacional lançou um edital em parceria com essa empresa para que os times do Brasil propusessem soluções para o problema. O Time UFPA participou do edital e ficou em segundo lugar, ganhando uma quantia em dinheiro.

A organização Enactus Brasil também realiza o Simpósio de Empreendedorismo Social, no qual os alunos apresentam pesquisas feitas sobre o tema. Na última edição do evento, o Time Enactus UFPA apresentou mais de 20 artigos e tinha uma das maiores delegações presentes.

Quem são Cíclica, Fiero, Costuraê e Amanakatu?

Para que o time Enactus possa existir, ele deve ter projetos de empreendedorismo social que visem à melhoria de condições de vida da comunidade. Na UFPA, o Time Enactus desenvolve os Projetos Cíclica, Fiero, Costuraê e Amanakatu.

Projeto Cíclica: tem como objetivo principal melhorar as condições de trabalho dos catadores de materiais recicláveis do Centro de Triagem do Canal São Joaquim, em Belém. O projeto oferece capacitação profissional, com treinamentos em segurança no trabalho, manuseio de resíduos, preparo para o reaproveitamento de materiais, aperfeiçoamento da gestão das cooperativas, entre outros temas.  Além disso, são feitas ações de saúde e atividades de educação ambiental. “Eles precisavam de direcionamento sobre como organizar uma cooperativa: CNPJ, estatuto de funcionamento, horários, planejamento, metas etc. Os alunos se esforçaram para identificar tais questões e melhorar os resultados obtidos pelas cooperativas”, afirma o professor Augusto Fernandes.

Números alcançados: mais de 600 pessoas já foram atendidas, as cooperativas aumentaram a receita em 131%, os catadores do Centro de Triagem aumentaram em 58% a venda de materiais recicláveis.

Projeto Fiero: Criado em 2016, o Projeto Fiero tem o objetivo de auxiliar comerciantes e feirantes do Mercado de São Brás e resgatar o reconhecimento desse espaço arquitetônico importante para a cidade. O Fiero promove qualificação profissional, com treinamentos em segurança, manuseio de alimentos, atendimento ao cliente, além de promover ações de limpeza no local. O projeto também ajuda a dar visibilidade ao Mercado criando eventos culturais.

Projeto Costuraê: O projeto surgiu com a intenção de promover autonomia financeira para um grupo de mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica atendido pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS/Guamá). São realizadas capacitações no campo de corte e costura, bem como atividades de integração e desenvolvimento gerencial.

Projeto Amanakatu: é o projeto mais recente do Time Enactus UFPA e trabalha com o reaproveitamento de água da chuva em comunidades ribeirinhas, próximo à Ilha do Combu.

Sinergia – Existem possibilidades “fantásticas” de sinergia entre os projetos, destaca o professor José Augusto Fernandes. No mercado de São Brás, por exemplo, não há apenas vendedores de alimentos, há também um espaço para a comercialização de artesanato e outros bens, capaz de abrigar tanto a produção do Costuraê como a do próprio Cíclica, que, por sua vez, já recebe alguns resíduos provenientes da feira de São Brás.

Desde a sua criação, o Time Enactus UFPA conta com o apoio da Agência de Inovação (Universitec). Ainda assim, de acordo com o professor, o Time carece de maior apoio e reconhecimento para alavancar seus resultados.

Resultados

2015: campeão da Liga Rookie 2016: Prêmio  Responsabilidade Social KPMG
2017: 3º lugar na classificação geral do campeonato da Rede Enactus, finalista nas categorias Professor e Estudante do Ano; vice-campeão do edital do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV).

Ed.139 - Outubro e Novembro de 2017

Adicionar comentário

Todos os comentários estão sujeitos à aprovação prévia


Código de segurança
Atualizar

Fim do conteúdo da página