Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English Spanish

Opções de acessibilidade

Página inicial > Editorial
Início do conteúdo da página

Editorial da Edição 152

Escrito por Beira do Rio | Publicado: Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 19h15 | Última atualização em Quinta, 05 de Dezembro de 2019, 20h08 | Acessos: 291
Foto Alexandre de Moraes
imagem sem descrição.

As doenças cardiovasculares são responsáveis por 74% dos óbitos no Brasil. Pesquisa desenvolvida por cientistas das Universidades Federais do Pará, do Ceará e de Minas Gerais e do Instituto Evandro Chagas mostrou que essas doenças também avançam entre as populações ribeirinhas da Amazônia. Dados coletados nas regiões do Tapajós e do Tocantins indicam contaminação por mercúrio e alta prevalência de glicose e de pressão alteradas.

A Vila de Algodoal é um dos destinos paraenses mais disputados para os festejos de réveillon. O que muitos turistas desconhecem é que a Ilha de Maiandeua está sob risco ambiental. A atividade turística sem planejamento sustentável e a ocupação desordenada ameaçam a preservação das quatro comunidades que compõem a ilha. Em dissertação defendida no PPGDAM/Numa, o geógrafo Yohane Honda indica que a educação ambiental, integrada às políticas públicas, pode reverter esse quadro.

Esta edição ainda traz três reportagens sobre HIV/AIDS. A pesquisa de Alexandra Pompeu Costa aborda o nível de conhecimento de pessoas idosas sobre os riscos de contaminação. Já a tese da nutricionista Ranilda Gama analisa os impactos da terapia antirretroviral em pessoas soropositivas. Na seção “exclusivo on-line”, no site do jornal, você acessa a reportagem com os resultados da pesquisa realizada por Mariana Souza de Lima, sobre propostas eficazes de prevenção contra o HIV entre adolescentes de Belém. Boa leitura!

Rosyane Rodrigues
Editora

Fim do conteúdo da página